Trivela

Bundesliga

O segundo turno da Bundesliga começou da mesma maneira como o primeiro havia terminado: com o Bayern de Munique vencendo e dominando o topo da tabela. Não que tenha sido uma jornada tranquila para os comandados de Jupp Heynckes. Sem Robert Lewandowski, os bávaros visitaram o Bayer Leverkusen, invicto na BayArena até então. Por mais que os visitantes tenham permanecido sempre à frente no placar, os Aspirinas ameaçaram em diversos momentos. No entanto, o triunfo acabou coroado por um golaço de James Rodríguez: no apagar das luzes, o colombiano cobrou uma falta com maestria, assegurando a vitória por 3 a 1 dos líderes.

O jogo começou equilibrado na BayArena. O Bayern tinha mais posse de bola, mas via seus melhores ataques logo respondidos pelo Leverkusen. A partir dos 20 minutos, no entanto, os bávaros passaram a dominar as ações. E abriram o placar aos 31. Após cobrança de escanteio, Arturo Vidal tentou a primeira vez e parou na marcação, mas Javi Martínez apareceu dentro da área para fuzilar. Dava até para ter ampliado antes do intervalo, considerando a postura mais incisiva dos visitantes.

O descanso foi bom para que o Leverkusen voltasse aos eixos e passasse a buscar o empate de maneira mais insistente. Por muito pouco ele não saiu aos nove minutos. Leon Bailey tirou Nicklas Süle para dançar e, depois de entortar o zagueiro, bateu com categoria, mas seu chute estalou o travessão. Logo na sequência, o Bayern faria o segundo e ficaria um pouco mais tranquilo. Em contra-ataque à moda de Heynckes, James abriu com Franck Ribéry na esquerda e, com espaço, o francês deixou o seu.

O time da casa, de qualquer forma, não entregou os pontos. Seguiu tentando se impor no ataque e conseguiu diminuir a diferença aos 25, com Kevin Volland. O atacante passou por três adversários e, na entrada da área, arriscou o chute que desviou na marcação antes de entrar. O empate, aliás, poderia ter acontecido em uma das oportunidades criadas pelo Leverkusen na sequência. Acionando o seu banco de reservas e promovendo a reestreia de Sandro Wagner, o Bayern acordou apenas no final. E permitiu que sua torcida respirasse aliviada aos 46. James sofreu falta e ele mesmo cobrou, mandando a bola no ângulo, indefensável para Bernd Leno.

Subindo muito de produção desde a volta de Heynckes, o Bayern acumula a quinta vitória consecutiva pela Bundesliga. Chega aos 44 pontos, 14 de vantagem sobre o vice-líder Schalke 04, que visita o RB Leipzig no sábado. Já o Leverkusen, ao menos por enquanto, permanece na zona de classificação à Champions. Soma 28 pontos, a mesma quantidade que outros três times na tabela.

Trivela

VOLTAR AO TOPO