Trivela

Paulo Fonseca tem o seu lugar especial na história do Shakhtar Donetsk. Primeiro, por recolocar o clube no topo do Campeonato Ucraniano, após dois anos de hiato. Depois, por também classificar os Mineiros aos mata-matas da Liga dos Campeões, algo que não acontecia desde 2014/15. E não foi qualquer classificação. Afinal, a equipe bateu o Manchester City (com um time misto, é verdade) nesta quarta e acabou deixando o Napoli pelo caminho. Feito e tanto, que mereceu até comemoração especial do treinador português.

Antes do jogo contra o Napoli, pela quinta rodada da fase de grupos, Fonseca afirmou: “Se passarmos às oitavas, vou fantasiar-me de Zorro. Sei que não acreditam, mas vai mesmo acontecer”. O Shakhtar perdeu o jogo no San Paolo por 3 a 0, mas cumpriu a profecia de seu comandante com o triunfo por 2 a 1 sobre o City – com direito a um golaço de Bernard. Já na coletiva de imprensa após a vitória sobre os Citizens, Fonseca pagou a promessa. Um homem de palavra, por mais ridículo que pudesse parecer.

Trivela

VOLTAR AO TOPO